Terça-feira da 25ª Semana do Tempo Comum – 26/09/2017


Clique em “Terça-feira” para ver a liturgia.

Primeira Leitura (Esd 6,7-8.12b.14-20)

Naqueles dias, 7o rei Dario escreveu ao governador do território da outra margem do rio Eufrates: “Deixa que prossigam os trabalhos no templo de Deus. Que o governador de Judá e os anciãos dos judeus edifiquem a casa de Deus no seu lugar. 8Também ordenei como se deve proceder com aqueles anciãos dos judeus que constroem aquela casa de Deus: com os bens do rei, deveis reembolsar religiosamente e sem interrupção aqueles homens por tudo o que gastarem. 12bEu, Dario, dei esta ordem. Que ela seja pontualmente executada!” 14E os anciãos dos judeus continuaram a construir, com êxito, de acordo com a profecia de Ageu, o profeta, e de Zacarias, filho de Ado, e puderam terminar a construção conforme a ordem do Deus de Israel e as ordens de Ciro, de Dario e de Artaxerxes, reis da Pérsia. 15Esta casa de Deus foi concluída no terceiro dia do mês de Adar, no sexto ano do reinado de Dario. 16Os filhos de Israel, os sacerdotes, os levitas e o resto dos repatriados, celebraram com alegria a dedicação desta casa de Deus. 17Ofereceram, para a inauguração desta casa de Deus, cem touros, duzentos carneiros, quatrocentos cordeiros e, como sacrifício pelo pecado de todo o Israel, doze bodes, segundo o número das tribos de Israel. 18Estabeleceram também os sacerdotes, segundo suas categorias, e os levitas, segundo suas classes, para o serviço de Deus, em Jerusalém, como está escrito no livro de Moisés. 19Os deportados celebraram a Páscoa no dia catorze do primeiro mês. 20Como todos os levitas se haviam purificado, juntamente com os sacerdotes, estavam puros; e, assim, imolavam a Páscoa para todos os filhos do cativeiro, para os sacerdotes seus irmãos e para eles próprios.

Evangelho: Lucas 8, 19-21

Naquele tempo, a mãe e os irmãos de Jesus aproximaram-se, mas não podiam chegar perto dele, por causa da multidão. Então anunciaram a Jesus: “Tua mãe e teus irmãos estão aí fora e querem te ver”. Jesus respondeu: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus, e a põem em prática”.

Reflexão

Na leitura de hoje vemos a inauguração do templo de Jerusalém, sinal visível da presença de Deus em meio a seu povo. É a casa de Deus em meio ao mundo, morada de irmãos e irmãs, cuja inauguração é celebrada com muita alegria e festa. Na Bíblia a palavra “casa” pode significar tanto um edifício material, como vemos nesta leitura, quanto “família”, quando se diz que uma pessoa pertence à “casa de fulano”. Tendo presente isto, olhamos para o evangelho, onde Jesus faz um grande elogio à sua mãe, ao dizer que ela foi a primeira a ouvir a Palavra de Deus e a colocá-la em prática. De fato, pertencer à família de Jesus não é uma questão de laços de sangue, mas de estar a serviço da vontade de Deus, ouvindo e obedecendo sua Palavra, como foi Maria, sua mãe. Assim, estaremos fazendo parte da comunidade cristã, que é “casa” de Jesus presente em nosso meio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *